Colunistas
Imagem em preto e branco. Nela, uma mulher negro segura um livro à altura do peito e o lê. Ela tem óculos grandes e angulosos. Com a outra mão, os ajusta no rosto.
imagem: Alisson Batista

Ativo 000000 | Responsa

Eu tomei a produção desta coluna como uma responsabilidade de relatar memórias, dores, reflexões, pensamentos e resistência. De falar em próprio nome. Em legítima defesa
Imagem em preto e branco. Nela, uma mulher negro segura um livro à altura do peito e o lê. Ela tem óculos grandes e angulosos. Com a outra mão, os ajusta no rosto.
imagem: Alisson Batista

Ativo 000000 | Responsa

Eu tomei a produção desta coluna como uma responsabilidade de relatar memórias, dores, reflexões, pensamentos e resistência. De falar em próprio nome. Em legítima defesa
Imagem da obra Quem roubou essas memórias, 2016, de Naine Terena. A foto mostra seis chinelos dispostos numa parede branca.
imagem: Naine Terena

Corpos dóceis

Naine Terena escreve sobre ancestralidade e resistência em um mundo que quer apagar sua história
Mosaico com duas imagens, uma ao lado da outra. A primeira mostra uma rua com prédios e carros, em preto e branco. A segunda mostra o céu azul, a lua crescente e um guindaste.
imagem: Imagens reproduzidas do site da exposição SetentaOitenta

Desejos de utopia

Neste texto, Rogério Felix se debruça sobre a mostra virtual "SetentaOitenta", parte da programação do Centro Cultural Casa de Angola na Bahia