Paloma Vidal, que nasceu na Argentina e se mudou para o Brasil aos 2 anos de idade, conta como cria personagens desde a primeira infância. Ela apresenta um trecho do romance Diário da Guerra do Porco, do escritor argentino Adolfo Bioy Casares, e comenta seu interesse pelo que está entre a delicadeza e a estupidez do protagonista Isidro Vidal, que influenciou a escrita de Mar Azul, romance publicado em 2012 e cuja personagem principal lida com a velhice e o deslocamento.

Depoimento gravado em maio de 2015.

Saiba mais sobre Paloma Vidal na Enciclopédia Itaú Cultural.

Ouça todos os episódios já disponíveis do podcast Escritores-Leitores aqui no site ou em aplicativos especializados, como o Spotify ou o Apple Podcasts, no celular ou no computador – basta pesquisar o nome dos programas.

Veja também

Índigo – Escritores-Leitores

A premiada autora de livros infantojuvenis Índigo conta qual é o seu gênero favorito de personagem e fala sobre seu processo de criação