Classificação indicativa: 16 anos

Baseado no conto “A Hora e Vez de Augusto Matraga”, de João Guimarães Rosa, o espetáculo acompanha a história de Nhô Augusto, violento proprietário de terras que é dado como morto após cair em uma emboscada liderada por Major Consilva – e, recluso, decide dedicar sua vida ao trabalho, à penitência e à oração.

Além de A Hora e Vez, a programação de junho do Itaú Cultural apresenta outras duas peças dirigidas por Antônio Januzelli (Janô): Sob o Céu de Rubem Braga e O Porco. Professor da Universidade de São Paulo (USP) desde 1977, Janô também é o convidado da série de conversas Camarim em Cena deste mês, em 19 de junho.
 

A Hora e Vez [com interpretação em Libras]
sábado 1 e domingo 2 de junho de 2019
sábado às 21h e domingos às 20h
[duração aproximada: 60 minutos]
Sala Multiúso (piso 2) – 70 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do espetáculo | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do espetáculo | um ingresso por pessoa

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

[classificação indicativa: 16 anos]

 

Ficha técnica

Direção e figurino Antônio Januzelli

Adaptação do texto original e atuação Rui Ricardo Diaz

Assistência Fani Feldman

Iluminação Osvaldo Gazotti

Pesquisa de vocábulo regional Joaquim Dias da Silva

Estudo de teatro físico Luis Louis

Arte gráfica Ideografia Soluções Gráficas

Produção Fani Feldman/QUINCAS

Idealização Cia. do Sopro

 

Veja também