Pensar na cidade ideal é perda de tempo – escapismo – ou um meio de iluminar caminhos para os locais onde vivemos? Inversamente, denunciar no presente uma distopia de que precisamos escapar não pode estimular inovação? O Brechas Urbanas, ciclo de debates sobre a vida na cidade, discute em julho essas tensões, com mediação de Monique Evelle.

Brechas Urbanas - Entre Utopia e Distopia, a Cidade [com interpretação em Libras]
quarta 31 de julho de 2019
às 20h

[duração aproximada: 120 minutos]
Sala Multiúso (piso 2) – 100 lugares

Entrada gratuita

distribuição de ingressos
público preferencial: uma hora antes do evento | com direito a um acompanhante – ingressos liberados apenas na presença do preferencial e do acompanhante
público não preferencial: uma hora antes do evento | um ingresso por pessoa

Clique aqui para saber mais sobre a distribuição de ingressos.

[livre para todos os públicos]

Veja também

A importância da utopia

Alguns dias trancada no meu quarto, após a execução de Marielle Franco, com a pergunta que me ama...