Classificação indicativa: Livre

*ATUALIZAÇÃO: informamos que a apresentação do dia 16 de fevereiro foi cancelada em razão da abertura da Avenida Paulista para carros nos três próximos domingos (16 e 23 de fevereiro e 1º de março).

O dançarino Ângelo Madureira, acompanhado do batuque das alfaias – instrumentos também chamados de bombo ou zabumba – traz Baque Virado, espetáculo inspirado nos movimentos das danças populares brasileiras, como o maracatu. A apresentação se baseia no conceito de passo-patrimônio, criado por Ângelo e que designa a coleção de ações de que um corpo é capaz.

Ângelo Madureira | foto: Aline Dainez

Ângelo Madureira e Orquestra de Alfaias [com interpretação em Libras]
domingo 2 de fevereiro de 2020
às 14h e às 15h
domingos 9 e 16 de fevereiro de 2020
às 14h e às 16h

calçada do Itaú Cultural (em caso de chuva, no piso térreo)
[duração aproximada: 25 minutos]

[sem distribuição de ingressos]

[livre para todos os públicos]

Atividade gratuita


Ficha técnica

Direção artística, pesquisa e criação Ângelo Madureira 
Figurino Ana Catarina Vieira 
Iluminação Juliana Augusta Vieira
Elenco
Mestre de cerimônia Ângelo Madureira 
Grupo Ana e Ângelo Ana Catarina Vieira e Beto Madureira 
Músicos convidados Daniel Camiranga, Jorge Marciano e Renato Soares 
Batuqueiros Ana Beltrão, Carolina Lucena, Erik Sousa, Fabio Leonel, Marcelo Kako, Mário Campagnani e Priscila Queiroz
Produção Corpo Rastreado 

Veja também