“Os povos indígenas também têm direito de retomar sua história.”

Anari Braz Bomfim é mestre em estudos étnicos e africanos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Sua dissertação foi a primeira a abordar o trabalho empreendido pelo povo Pataxó em torno da retomada de sua língua. 

Este depoimento foi gravado em 2017. 

Saiba mais sobre Anari Braz Bomfim no Mapeamento do Mekukradjá.

Veja também:
>>
Coluna em vídeo assinada por Daniel Munduruku apresentou questões indígenas
>>Saiba mais aqui sobre o Mekukradjá aqui

Ouça todos os episódios já disponíveis do podcast Mekukradjá aqui no site ou em aplicativos especializados, como o Spotify ou o Apple Podcasts, no celular ou no computador – basta pesquisar o nome dos programas.

 

Veja também

Sandra Benites – Mekukradjá

Mestra em antropologia social no programa de Pós-Graduação do Museu Nacional e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Sandra Benites discute a educação escolar a partir da perspectiva da mulher Guarani