Rincon Sapiência sobe ao palco do Auditório Ibirapuera, acompanhado do DJ Mista Luba e de sua banda – formada por Nunah Oliveira (percussão), James Bantu (backing vocal), Kiko de Souza (teclado), Maurilio Santiago (bateria), Nicolas Carneiro (baixo) e Robson Heloyn (guitarra) – para fazer um dos últimos shows da turnê que comemora os dois anos de lançamento de seu primeiro disco, Galanga Livre (2017). Além das músicas desse álbum, o repertório é composto do primeiro sucesso do artista – “Elegância” –, de hits do EP SP Gueto BR (2014) e de singles mais recentes, como “Placo” e “Mete Dança (Verso Livre)”.

“Esse show vai ser muito especial”, fala Rincon Sapiência. “Quando lançamos Galanga Livre, a ideia era reproduzi-lo ao vivo no palco com o máximo de fidelidade possível em relação ao álbum. Mas com o passar do tempo fomos repaginando a apresentação. Agora, a ideia é fazer uma mescla, mantendo o equilíbrio de trazer a energia de sua sonoridade – que passa pelo rock e pela música afro, entre outros gêneros musicais –, mas com novidades e de forma impactante para quem está vendo”, diz. “Posso adiantar que teremos surpresas, inclusive na forma como a banda vai mostrar as músicas.”

Além de subir aos palcos país afora com os shows da turnê de Galanga Livre, o MC vem realizando, nos últimos tempos, trabalhos nas áreas de dublagem (na animação Ugly Dolls, com a voz do personagem Ugly Dog), de publicidade e de produção musical. Ele conta que desde 2018 está atuando como empresário de sua carreira, como diretor do seu próprio selo musical – MGoma – e na construção de seu novo disco (com lançamento previsto para este ano). Rincon diz que está aprendendo bastante e se divertindo muito com todo o processo que envolve “a nova atividade” e a produção do futuro álbum.

“Dois anos é um tempo considerável para ter novas ideias e posturas em relação a como construir, conduzir, compor e tudo mais. E de 2017 [data de lançamento de Galanga Livre] para cá muita coisa mudou na política, na música, no choque geracional”, fala. “Surgiram novos artistas fazendo trabalhos grandiosos que influenciam o público e, inconscientemente, outros artistas também. E isso é cíclico. Sempre tem aquela fonte inspiradora mais velha, depois o sangue novo se inspira nesse mais velho e traz novidades. Então se colocar com personalidade dentro desse processo todo é um desafio. Porém, diria que estou num momento muito especial, não só pelo aniversário de Galanga Livre, mas pela construção do disco novo”.

Grande fã de álbuns, Rincon acrescenta que apesar de todas as novas tecnologias existentes e do imediatismo da internet – que possibilita ao artista lançar trabalhos inteiros nas plataformas digitais – dá muito valor ao álbum não só como produto, mas também como registro de memória e rica fonte de linguagem e informação. E que agora, com o selo MGoma, pretende gerenciar e produzir novos artistas e projetos que tragam contribuição para o cenário musical.

“Sou um cara que dá muito valor para álbuns, mesmo sabendo que hoje em dia, com a velocidade das coisas da internet, ele é mais um ‘cartão’, um registro de memória, do que necessariamente o trabalho essencial de um artista”, diz. “Eu me apaixonei por música ouvindo bons discos – de samba, de música pop, de música norte-americana, de rap nacional e internacional, entre outros. A capa, a fonte, a arte gráfica desses trabalhos, tudo isso é muito relevante para mim. Carrego muitas memórias dessas linguagens na minha construção de música. Então, eu me vejo na responsabilidade de devolver isso, de tentar fazer grandes obras, com grandes capas e grandes músicas. As novidades nos esperam”.

Rincon Sapiência [com interpretação em Libras]
domingo 26 de maio de 2019
às 19h
[duração aproximada: 90 minutos] 

ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)

[classificação indicativa: 12 anos]

abertura da casa: 90 minutos antes do espetáculo

Os ingressos podem ser adquiridos pelo site Ingresso Rápido e em seus pontos de venda a partir das 13h do dia 10 de maio. Também estão à venda na bilheteria do Auditório Ibirapuera, nos seguintes horários:
sexta e sábado das 13h às 22h
domingo das 13h às 20h

Veja também