Dando continuidade às reflexões sobre o centenário da “Semana de arte moderna”, trazemos Amara Moira como terceira convidada da série. A escritora, doutora em teoria literária pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp/SP) e ativista, fala da sua percepção sobre a semana histórica, ressaltando que, para a analisarmos de forma mais ampla, temos que pensar nas dissidências. “Dissidências quando a gente pensa em questões de gênero, de raça, de orientação sexual”, afirma.

Veja também:
>>Série reflete sobre os 100 anos da “Semana de arte moderna” no site do Itaú Cultural


Acesse a série completa:
>>Fevereiro: Luz Ribeiro
>>Março: Heloisa Hariadne
>>Maio: Ruy Castro
>>Junho: Vânia Leal
>>Julho: Indi Gouveia
>>Agosto: Miguela Moura

“Ela é um marco, mas apaga outras questões que consideramos como outros modernismos. Isso que a gente chama de modernismo não era entendido de forma unânime como o modernismo. Era colocado como o modernismo paulista. Pensar no novo modernismo é pensar em uma possibilidade de reinvenção que não apague a nossa história”, explica Amara.

A série segue até dezembro, com conteúdos publicados sempre na última quarta-feira do mês.

Mulher branca, com os cabelos castanhos e ondulados na altura dos ombros, aparece em frame de vídeo enquanto dá um depoimento. Ela está sentada, usa camiseta preta sem mangas e está diante de uma estante de livros. Na estante há também uma bandeira colorida, da causa LGBTQIA+.
Amara Moira é escritora e ativista (imagem: frame de vídeo)

ITAÚ CULTURAL

Presidente: Alfredo Setubal
Diretor: Eduardo Saron
Gerente do Núcleo de Comunicação e Relacionamento: Ana de Fátima Sousa
Coordenador do Núcleo de Comunicação e Relacionamento: Carlos Costa
Entrevista: William Nunes
Identidade visual: Guilherme Ferreira
Gerente do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Claudiney Ferreira
Coordenadora do Núcleo de Audiovisual e Literatura: Kety Fernandes Nassar
Produção audiovisual: Roberta Roque
Captação de imagens remotas: WT1 (terceirizada)
Edição: Anna Lucchese (terceirizada)
Motion design: João Zanetti (terceirizado)
Interpretação de Libras: Ponte Acessibilidade (terceirizada)

O Itaú Cultural integra a Fundação Itaú para Educação e Cultura. Saiba mais em fundacaoitau.org.br.

Veja também